Home > Noticias Recentes > ECONOMISTA ALEMÃO VOLTA A CRITICAR A INVASÃO MUÇULMANA

ECONOMISTA ALEMÃO VOLTA A CRITICAR A INVASÃO MUÇULMANA

Um dos principais economistas alemães, Dr. Thilo Sarrazin, executivo do Banco Federal Alemão e Ministro das Finanças de Berlim, tem redigido vários artigos na revista alemã «Bild» a explicar os detalhes das consequências da islamização da Alemanha e do resto da Europa, como resultado da invasão em curso.
Diz Sarrazin que «em todos os países envolvidos – seja Inglaterra, França, Alemanha, Holanda, Bélgica, Dinamarca ou Noruega – podem fazer-se observações comparáveis sobre os imigrantes muçulmanos.»
Em seguida, apresenta a lista das características e consequências da presença muçulmana nos países europeus:
– integração no mercado de trabalho abaixo da média;
– dependência da assistência social acima da média;
– participação na educação abaixo da média;
– fertilidade acima da média;
– segregação espacial com tendência para a formação de uma sociedade paralela;
– religiosidade acima da média com crescente tendência para o fundamentalismo;
– tendência acima da média para o crime, desde o «simples» crime violento até ao terrorismo…
Diz ainda que «apenas 33.9% dos imigrantes de origem muçulmana tiram o seu sustento de um emprego capaz e o desemprego entre eles é quatro vezes mais elevado do que entre os Alemães.»
Segundo Sarrazin, os imigrantes oriundos de países não muçulmanos não apresentam estas tendências de desemprego e dependência da assistência social. E escreve: «gostaria que os meus bisnetos daqui a cem anos pudessem ainda viver na Alemanha. Não quero que o país dos meus netos e bisnetos se torne, em grande parte, muçulmano, que em vastas áreas tenha como línguas o Árabe e o Turco, em que as mulheres usem véus e os ritmos diários do quotidiano sejam ditados pelo chamamento do muezzin. Demograficamente, a enorme fertilidade dos migrantes muçulmanos coloca uma ameaça para o equilíbrio cultural e civilizacional numa Europa a envelhecer. Não quero que nos tornemos estrangeiros na nossa própria terra.»
O mais recente artigo de Sarrazin pode ser encontrado aqui (em Alemão).
Este economista já há uns meses se notabilizava pela coragem que teve em falar publicamente contra a imigração em massa vinda do mundo islâmico. Nessa altura, a natureza dos seus argumentos situava-se sobretudo ao nível do prático e do económico; desta vez, porém, além de se notabilizar, nobiliza-se, ao ter a coragem de passar dos argumentos economicistas para os que realmente interessam, e que mais condenações atraem – os argumentos propriamente identitários.
Categories: Noticias Recentes
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: